Estudantes de Cícero Dantas criam biscoito de banana verde

Um biscoito saboroso, nutritivo e saudável, feito com a banana verde, foi criado pelos estudantes do curso técnico de nível médio em Agricultura, do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Informática e Gestão Lourdes Carvalho Neves Batista, em Cícero Dantas, no Nordeste Baiano (a 322 km de Salvador). A ideia surgiu para aproveitar a fruta que é bastante produzida e consumida na região, agregando valor à Agricultura Familiar e, principalmente, estimulando o consumo de um produto mais saudável. O biscoito, que tem como base a farinha da banana verde, tem formato de cookies e leva ingredientes como açúcar mascavo, mel e margarina vegetal.

Estudantes criam alimento saudável por meio da . Cícero Dantas -  foto. divulg (2)

A estudante Jéssica Castro, 20, contou que o projeto trouxe a oportunidade de oferecer um produto mais saudável, principalmente para os alérgicos a glúten. “Queríamos produzir um biscoito que fosse uma alternativa para todos que têm interesse em uma alimentação mais saudável. A importância dada a esse aspecto foi tão presente no projeto que nem adicionamos sal à receita, por causa daqueles que possuem pressão alta”, destacou. A aluna disse, ainda, que a intenção seria disseminar a produção do biscoito na merenda escolar. “Este foi um dos nossos primeiros pensamentos ao desenvolver o projeto. As escolas terem a opção do cookie no cardápio da merenda e a ideia é tentar introduzir no CEEP neste ano”, disse.

Estudantes criam alimento saudável por meio da . Cícero Dantas -  foto. divulgação (1)

Sua colega Josefa Rosângela, 16, enfatizou a oportunidade da experiência para o aprendizado no curso em Agricultura. “É muito gratificante realizar trabalhos práticos para desenvolver o que adquirimos de conhecimento no Centro. Isso nos dá uma nova perspectiva sobre o que estamos aprendendo. Agora, estamos chegando ao último ano do curso bem preparadas, também subsidiadas pelos estágios, com o privilégio de trabalhar em empresas e associações da região”, disse.

Estudantes criam alimento saudável em Cícero Dantas -  foto. divulgação (2)

Veja como fazer:

Preparo da farinha:

- Cortar a banana verde em rodelas finas;

- Colocar para secar no sol ou forno até ficarem crocantes;

- Triturar no liquidificador.

Ingredientes do coockie:

- 1 kg de farinha de banana verde;

- 250 g de açúcar mascavo;

- 500 ml de mel;

- Uma colher e meia de sopa de margarina vegetal.

Preparo:

- Misturar tudo e mexer até ficar uma massa homogênea, consistente e solta;

- Distribuir a massa em formas;

- Colocar em forno pré-aquecido por 15 minutos.

Secretaria da Educação do Estado ofertará mais de 2 mil vagas para formação de professores em 2019

A Secretaria da Educação do Estado ofertará 2.872 vagas para a formação de professores da rede estadual em instituições de Ensino Superior, em 2019. A iniciativa faz parte do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), gerenciados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), que desenvolve cursos de nível superior e de pós-graduação por meio da modalidade de Educação a Distância (EAD). Ao todo serão cursos distribuídos em 20 polos, ofertados por 10 instituições de Ensino Superior. As inscrições estão previstas para iniciarem em fevereiro nos sites das instituições com cursos de especialização, bacharelado, licenciatura, tecnólogo, em áreas de Cultura, Ciência, Tecnologia, Ciências Naturais e Linguagens.

 encontro-de-formacao4

O subsecretário da Educação do Estado, Nildon Pitombo, explicou que houve um alinhamento com as instituições ofertantes para que os cursos estivessem vinculados às demandas do novo perfil de oferta da rede estadual de ensino. “Nós privilegiamos especializações e graduações na área da Cultura em sintonia com ações da Secretaria da Educação, como o projeto Escolas Culturais. Trazemos a novidade de cursos específicos das Ciências Naturais, aprofundando diversos tópicos neste campo como prevê o Plano Estadual e Nacional de Educação, com ofertas de Química e Biologia, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIFASV)”, destacou. Outros destaques para 2019 serão cursos de Gestão em Saúde, Tecnologias Digitais, Gestão de Escolas do Campo, Direitos Humanos, com foco nos estudos étnico raciais. “Ainda em diálogo com os municípios estaremos ofertando cursos de Administração Pública”, ressaltou o subsecretário.

 

As formações buscam o aperfeiçoamento dos educadores em alinhamento com diretrizes da Secretaria no sentido de fortalecer o eixo pedagógico das escolas. “Fundamentalmente queremos promover a melhoria da atuação dos professores em determinados campos, que são chaves nos Planos Estadual e Nacional de Educação, sobretudo na educação digital, no aperfeiçoamento do ensino de Ciências Naturais, onde temos pouco aprofundamento nas escolas sobre o assunto em todo Brasil e na questão da cultura, com a licenciatura de Música Popular Brasileira e Teatro. Outro ponto é o bacharelado em Biblioteconomia para criarmos um quadro que possa contribuir para a organização das bibliotecas escolares. Nessa parceria tivemos uma boa resposta das instituições, sejam as universidades estaduais e federais, e do Instituto Federal da Bahia (IFBA)”, contou Pitombo.